COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter

É o momento de consolidar a força da sua empresa no mercado consumidor

As empresas que ainda não criaram seu próprio  Brand Positioning estão perdendo mercado a cada dia que passa. Reforçar a  identidade corporativa permite que o empreendimento se torne cada vez mais viável com forte tendência ao que mais importa: o crescimento nas vendas.

Os espaços pelos quais as empresas competem estão em vários planos, não apenas na publicidade ou no mercado, mas também na capacidade de serem lembradas.

Segundo Philip Kotler, defensor e divulgador de conceitos como os  4 P’s do marketing, o posicionamento consiste em  desenhar a oferta comercial de tal forma que ela ocupe um lugar precioso na mente dos consumidores, envolvendo visibilidade  e conexão com os usuários:

Para Gerardo Arancioni, da Affare Fatto e da Pareto Package, um dos maiores especialistas de Brand Positioning na América Latina, esses detalhes só podem ser promovidos se o segmento de mercado e os clientes em potencial forem compreendidos.

Uma estratégia de posicionamento de marca bem-sucedida se traduz em benefícios como:
–  vendas contínuas, porque a oferta comercial está sempre na mente do consumidor;
– maior reconhecimento e visibilidade da marca;
– autoridade no mercado pela  audiência dos clientes e
– credibilidade e melhor imagem no mercado.

“Nestes tempos, este posicionamento deve ter como norte o ambiente digital. Quanto melhor estivermos localizados no mundo da web, melhor será o negócio em geral”.

Posicionamento x reconhecimento da marca
O posicionamento é um conceito integral relacionado com fatores como nível de vendas, frequência de utilização dos produtos, avaliação positiva da solidez e liderança  em geral. Dentro desses aspectos também encontramos o reconhecimento da marca, ou seja, como ela é reconhecida pelos consumidores.

Para Gerardo, empresas do setor industrial que ainda não criaram este posicionamento de marca deveriam ter adotado a prática há muito tempo:

“Os concorrentes no top of mind já entenderam este conceito sendo lembrados por serem agressivos na estratégia de posicionamento de marca. Mas sempre é possível criar diretrizes para mostrar seus reais diferenciais, ou seja, nunca é tarde para se posicionar” completa Gerardo.